Matriz SWOT: forças e fraquezas da sua empresa

Matriz SWOT: forças e fraquezas da sua empresa

Para criar um planejamento estratégico eficiente qualquer empresa deve levar vários fatores em consideração, analisando a sua situação e o cenário do mercado ao seu redor. Com tudo isso estabelecido é que um plano poderá ser definido para a companhia, e como ela vai agir para atingir seus objetivos de curto, médio e longo prazo. 

É justamente no momento de análise interna que entra a matriz SWOT. A sigla vem do inglês, representando as palavras strenghts, weaknesses, opportunities e threats, ou seja: forças, fraquezas, oportunidades e ameaças. Mudando um pouco a ordem, no Brasil as vezes chamamos essa ferramenta de matriz FOFA. 

Como os termos dão a entender, o principal objetivo da SWOT é estabelecer os pontos positivos e negativos do negócio e, consequentemente, determinar os problemas e oportunidades que podem surgir disso:

Forças: Os pontos fortes da empresa, projetos e processos que estão bem encaminhados e contribuindo positivamente;
Fraquezas: Apontar os processos e projetos que precisam de alterações para renderem o esperado;
Ameaças: Analisar as possíveis ameaças que podem surgir ao longo do período determinado, como concorrentes, mudanças na legislação, etc.;  
Oportunidades: Determinar fatores e mudanças no mercado que podem ser utilizadas para o benefício da empresa. 

Utilizando essas informações os gestores podem identificar os pontos fracos de toda a operação e criar soluções inteligentes. Mas, como toda ação voltada para o planejamento, determinar a matriz SWOT de sua empresa é um trabalho contínuo. É importante se manter atualizado e modificar o que for necessário conforme as mudanças e ações vão sendo realizadas e o paradigma do negócio muda.

Vale ressaltar que os pontos analisados não são separados, e podem influenciar os outros. As fraquezas podem dificultar as oportunidades da mesma forma que as forças podem combater ameaças. Faz parte do seu planejamento identificar o que pode ser prejudicado e potencializado dentro das características da empresa. 

É importante visualizar como cada aspecto se encaixa. Por isso a matriz pode ser criada no velho papel e caneta ou em versões digitais existentes. Esse momento também é uma oportunidade para contar com os serviços de uma consultoria empresarial, que pode ajudar sua empresa com o planejamento. Você pode conferir os serviços estratégicos da EJFGV aqui e as soluções operacionais aqui.

Leave a Reply

Your email address will not be published.