Quarentena: momento para rever suas estratégias

Quarentena: momento para rever suas estratégias

O home office e a existência de aplicativos e plataformas de comunicação e gestão de projetos facilitam o andamento da produção de muitas empresas. Tanto nessas companhias quanto nas que necessitam mais do trabalho presencial, a quarentena oferece algo que muitas vezes não temos: tempo.  

Ninguém quer estar nessa situação, mas é algo necessário para que possamos combater o novo coronavírus com mais eficácia e voltarmos ao normal o mais rápido possível. Dito isso, com um pouco mais de tempo sua empresa pode conseguir alguns avanços, especialmente em relação aos planejamentos. 

Com mais tempo, os gestores podem buscar estudar as forças e fraquezas da empresa, analisar desempenho e desenvolver planos tanto para superar esse período quanto para o futuro do seu negócio. A necessidade do home office para boa parte das companhias também faz com que esse seja um bom momento para, por exemplo, testar aplicativos de gestão, até por que eles podem ser muito úteis para manter a produtividade durante a quarentena. 

Além disso, uma reestruturação organizacional também pode ser necessária já que esse tende a ser um momento de grandes mudanças. De qualquer forma, busque sempre estar a frente e se precaver em relação às tendências desse período conturbado, e esse é o momento para isso. 

De um lado mais positivo, essa também pode ser uma oportunidade para focar em cursos e capacitações para os funcionários. Muitas empresas e faculdades estão oferecendo cursos a distância de forma gratuita para ajudar na quarentena e esse pode ser um diferencial. Não é por que estamos em casa que precisamos ficar parados.

Falando em ficar parado, também incentive os colaboradores a realizarem atividades físicas, participarem de chamadas que não sejam só reuniões de trabalho e também a pegarem sol se possível. O isolamento social pode ter consequências para a nossa saúde física e também mental, por isso é importante fazermos o melhor para cuidarmos de nós mesmos. 

Leave a Reply

Your email address will not be published.