Blog

Gráfico de Pareto: o que é e como elaborar?

Existem muitas ferramentas criadas para solucionar problemas como o Diagrama de Peixe, a que será tratada neste artigo é o Gráfico de Pareto, também conhecido como regra 20-80. 

Em outras palavras, 20% das causas principais são responsáveis por 80% dos efeitos em uma organização. Isto é, se a empresa solucionar 20% dessas causas, consequentemente ela vai reduzir 80% dos problemas. 

E afinal de contas, qual empresa não tem problema? Diante dessa realidade, é importante que os empreendedores brasileiros conheçam esse método para sanar as dores da organização. 

Para entender com mais detalhes como desenvolver o Gráfico de Pareto, leia o artigo.

Qual a origem do Gráfico de Pareto?

Vilfredo Pareto (1848 – 1923) estudou por muitos anos a distribuição de rendas e acabou elucidando a seguinte lei: 80% da riqueza de uma população está concentrada apenas em 20% dela. 

Aos poucos esse estudo começou a ser utilizado nas indústrias ao redor do mundo, pois Joseph Juran identificou um padrão semelhante ao de Pareto, só que mais voltado para o mundo empresarial. 

Segundo ele, ao realizar algumas análises, apenas 20% das causas são responsáveis por 80% dos efeitos de uma empresa.

O que é Gráfico de Pareto?

O Gráfico de Pareto é uma ferramenta muito utilizada nas empresas para sanar problemas. Segundo esse método, 20% das causas de uma organização são responsáveis por 80% dos problemas. 

Ou seja, se um gestor sanar 20% das causas ele terá ao final 80% dos efeitos solucionados. 

Portanto, essa ferramenta ficou conhecida também como Regra 80-20. 

É imprescindível para toda empresa que quer reduzir ao máximo os impasses que a assolam.  

Conheça o passo a passo para desenvolvê-lo. 

  • Entendimento do que se quer analisar no gráfico; 
  • Coleta de dados; 
  • Organização e enumeração das informações; 
  • Desenho do gráfico.

Quais são os benefícios do Gráfico de Pareto?

Agora que você já entendeu o que é Gráfico de Pareto, veja abaixo alguns benefícios desse método. 

  • Elenca as causas em ordem de prioridade;
  • Identifica os fatores mais importantes;
  • Apresenta onde devemos esforçar mais;
  • Permite o melhor uso dos recursos limitados;
  • Aumento da produtividade.

Exemplo de aplicação do Gráfico de Pareto 

Uma livraria está enfrentando vários problemas e resolveu utilizar o Gráfico de Pareto para conseguir solucioná-los. 

  1. Passo: Realize o mapeamento das causas que estão gerando os problemas e o número de ocorrências delas. É importante que esses dados apareçam em ordem decrescente. 
Diagrama de Pareto 
Causas das Reclamações Ocorrências 
Livros desorganizados 120
Livros amassados 80
Atendimento falho32
Ambiente com pouca luz 5

2. Passo: Posteriormente, calcule o percentual de ocorrências e também o acumulado.

Diagrama de Pareto 
Causas das Reclamações Ocorrências% Ocorrências% Acumulado
Livros desorganizados 12051%51%
Livros amassados 80 34%85%
Atendimento falho3213%98%
Ambiente com pouca luz 52%100%

3. Passo: Com base na tabela criada faça no word ou excel um gráfico de barras e linhas, no qual as barras serão as porcentagens e as linhas o acumulado das ocorrências. 

4. Passo: Após a criação do gráfico é importante realizar uma análise dos dados. No caso da livraria percebemos o seguinte: se o gestor solucionar as duas primeiras causas, livros desorganizados e amassados, ele estará sanando mais de 80% das causas. Além disso, para otimizar os resultados ele pode redesenhar alguns processos.

Será que devo adotar o Gráfico de Pareto na minha organização?

Se a sua empresa tem problemas e você não sabe nem por onde começar, então o Gráfico de Pareto pode ser uma ótima solução para você, pois a partir dele você conseguirá visualizar melhor quais são as principais causas motivadoras dos problemas. 

Desse modo, você será mais assertivo ao solucionar as causas. Caso precise de ajuda para executar o gráfico, entre em contato conosco. 

Estamos aguardando você. Enquanto te respondemos, aproveite para ler outros artigos do nosso site.

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress