MVP: conheça a estratégia que pode garantir o sucesso da sua empresa

MVP: conheça a estratégia que pode garantir o sucesso da sua empresa

É provável que em algum momento utilizando aplicativos de utilidades diárias você tenha se  perguntado: “como nunca alguém havia pensado nisso antes?”.  

E é possível que outras pessoas tenham tido ideias similares ou até mesmo iguais a que o  levou a este questionamento, mas possivelmente sua invenção não alcançou níveis como  as dos aplicativos mais utilizados.  

Isso acontece por inúmeros motivos, dentre eles o desconhecimento do MVP, uma  estratégia que pode dizer muito sobre o sucesso do produto ou do serviço a ser ofertado.  

Para que sua ideia se torne algo de sucesso, é preciso estratégia e conhecimento do  Mínimo Produto Viável.  

Saiba como isso pode ajudar sua empresa a crescer, continue a leitura! 

O que é MVP ou Mínimo Produto Viável? 

Em inglês, MVP pode ser traduzido como Minimium Viable Producte, ou Mínimo Produto  Viável.  

A ideia por trás disso é simples: entregar um produto de forma rápida ao cliente, com  máxima qualidade, porém gastando o mínimo.  

O MVP pode ser utilizado como uma espécie de protótipo, mas nunca confundido  com um. O mínimo produto viável atuará como um teste de mercado, sendo utilizado para  coletar feedbacks, entender as dores dos seus clientes e estipular um público alvo. 

Por isso, é importante que ele não tenha uma qualidade inferior do que o produto que  você está disposto a oferecer, mas seja mais rápido e mais barato do que o produto real,  garantindo que não haja prejuízos nessa fase inicial.  

Grandes empresas apostam no MVP 

Ao utilizar a estratégia de mínimo produto viável, você reduz riscos de rejeição no  mercado, uma vez que já conhece o público para quem irá trabalhar, diminuindo assim as  chances de investir dinheiro em algo que talvez não possa ser tão assertivo.  

Em tempos de crise, é cada vez mais necessário conhecer o terreno em que está entrando,  não deixando de utilizar nenhuma estratégia já vigente no mercado e com eficácia  atestada por grandes empresas.  

Pense em aplicativos como o Facebook, desenvolvido por Mark Zuckerberg e em quantas  versões foram testadas até chegar na marca bilionária que conhecemos hoje.  

Até mesmo a Uber, marca consideravelmente recente, começou apostando no mínimo  produto viável e, mesmo depois de ter seu nome já reconhecido, continuou com a estratégia  para um novo segmento implementando em forma de MVP no Brasil no ano passado, o  UberCOPETER, serviço de transporte por helicóptero.  

O que se pode esperar de um MVP?  

Os resultados obtidos através de um mínimo produto viável podem ser muitos, mas uma coisa é certa: não espere acertar de primeira.  

Por mais que sua ideia seja boa e tenha levado um bom tempo para ser desenvolvida, não  há como saber o retorno do público sem um teste, por isso, esteja aberto para todos os  feedbacks, principalmente os negativos.  

Serão justamente os que têm algo ao criticar sobre seu mínimo produto viável que  apontarão os pontos a serem melhorados e lhe guiarão para oferecer o melhor possível. 

Aplicação rápida e fácil  

Uma das vantagens do mínimo produto viável, além de seu entendimento fácil e simples, é  que ele visa ser prático no que se dispõe a fazer.  

Para garantir que a sua ideia seja um sucesso, basta seguir algumas dicas de  funcionamento do mínimo produto viável, são elas: 

Entender as dores do cliente 

É fundamental que você conheça seu público alvo e saiba o que ele espera de você.  

Uma pesquisa de mercado o ajudará também a entender o que se pode achar de  semelhante aos produtos que você oferece e quais são seus pontos positivos e negativos.  

Tenha um time diverso 

O mínimo produto viável precisa ser trabalhado em equipe e o ideal é que ela seja o mais  diversa possível.  

Traga para o seu time pessoas de diferentes gostos, visões e experiências, além das  capacitações exigidas para exercer o trabalho.  

Quanto mais gente envolvida e dando diferentes opiniões para o seu mínimo produto  viável, melhor!  

Tenha objetivos claros  

O porquê do mínimo produto viável ser uma estratégia implementada deve ser algo claro  para todos os envolvidos e também para você.  

Ao testar o produto, você deve estabelecer metas como saber se o gosto é agradável, se a  aparência é atrativa ou se o produto está sendo funcional.  

As metas irão divergir dependendo do produto ofertado, mas é importante tê-las em mente  para dar o rumo de quantas pessoas devem experimentar seu produto e como você deve  oferecê-lo a elas. 

Não tenha medo de mudar  

Talvez você não se depare com feedbacks positivos de primeira ao oferecer seu produto,  mas isso não deve ser algo que o desanime.  

A busca por melhora atrai a atenção do público e faz de você um destaque dentre a  concorrência.  

Lembre-se: empreender também é sempre estar buscando inovar

Não se jogue no desconhecido!  

Apesar de termos que sempre procurar por mudanças e inovações, não é saudável para o  seu negócio que você aposte naquilo que você não conhece ou conhece pouco, ainda mais  com o atual cenário em que todas as estratégias tomadas precisam ser cuidadosamente  pensadas.  

O mínimo produto viável lhe ajudará a ter mais ciência do mercado e do público que você  irá encontrar, mas também é importante contar com a ajuda de profissionais que atuem  e entendam esses processos.  

Precisando de suporte para implementar o MVP em algum projeto do seu negócio? Entre  em contato conosco e saiba como podemos ajudar você e sua empresa a crescerem cada  vez mais! 

Leave a Reply

Your email address will not be published.